As Plantas Aromáticas Medicinais e Condimentares, Portugal Continental 2012

capa estudo PAM GPP e EPAM

Elaborado pelo GPP, em colaboração com a ADCMoura, através do projecto EPAM, este estudo faz um retrato do setor das plantas aromáticas e medicinais do ponto de vista da produção primária e a partir do tratamento de resultados de um inquérito aplicado aos produtores, completado ainda com outras fontes de
informação, como os dados fornecidos pelo Programa de Desenvolvimento Rural do Continente 2007-2013, ProDer.

O estudo está estruturado em sete capítulos, das questões metodológicas do inquérito até aos dados do comércio internacional, passando pela análise dos resultados do inquérito e da informação sobre o investimento apoiado pelo ProDer, e apresentando ainda a primeira estimativa do valor de produção padrão para as PAM, de forma agregada e para o total do setor.

Os resultados obtidos mostram um setor que duplicou o número de produtores,  aumentou substancialmente as áreas em produção, e se o peso económico poderá parecer pouco significativo comparativamente com outros, também se verifica que atraiu muitos agentes de fora do setor, jovens e com elevado grau de formação escolar, cujos efeitos podem ir para além da dimensão dos números em si.

Foram identificadas quatro tipologias de base ao nível da produção, que dividem o setor em dois segmentos relativamente distintos e autónomos: os produtores de PAM para consumo em verde, produzindo maioritariamente em modo convencional, e os produtores de PAM para secar, predominantemente biológicos. Em todos dominam as empresas de pequena dimensão, capital e trabalho intensivas.

A opção por unidades de pequena dimensão permitiu ultrapassar mais facilmente a barreira da necessidade de terra, ou facilitar a possibilidade de diversificação de empresas já instaladas. Mas a dimensão pode igualmente ser uma limitação quando se precisa de dimensão para o mercado.

Finalmente, sendo atividades trabalho-intensivas, as PAM constituem uma mais-valia para as regiões onde se inserem, potenciando a criação de emprego em meio rural.

Ver Estudo_PAM_final

About The Author

Related posts

Leave a Reply